Destaques do Mercado de Telecomunicações 22/02

DESTAQUES DO MERCADO DE TELECOMUNICAÇÕES

 

O portal Teletime divulgou relatório anual da A4AI (Associação por uma Internet Acessível – em tradução livre do inglês), que mede os custos do acesso à internet em diferentes países. O método da entidade não leva em conta o preço ao consumidor, mas a existência de infraestrutura, penetração, e de políticas públicas de acesso. Os pesquisadores perceberam que essa medição coincide com preços mais baixos por gigabyte trafegado para o consumidor, por exemplo, ao mesmo tempo em que mostra se um país está preparado para a demanda futura.

O Brasil aparece em décimo lugar (com nota 60,78), tendo caído no ranking – ocupava a sexta posição em 2015. A pontuação subiu, mas menos que a de outras nações. O país foi ultrapassado por México, Argentina, Ilhas Maurício e Equador. O Brasil recebe elogios específicos à política atual de concessão de espectro, que prevê leilões periódicos, uso licenciado para testes caso a caso, e planos de ampliação da quantidade de frequências disponíveis para o mercado. O estudo não faz nenhuma projeção a respeito da mudança do modelo de telecomunicações, que pode alterar as regras de cessão de espectro.

Outras Notícias

Eventos do Setor